Sunday, October 15, 2006

Iluminação

O nome do post sugere iluminação espiritual (isto não é um blog de bricolage para eu começar a falar de electrividade) e foi isso que me aconteceu num sábado comum, num casamento fora do comum.
Bem, o casamento não foi assim tão fora do comum, não foi um daqueles deboches de alcool e flirts com os maridos das outras ( tão típicos do jet7) mas sim um daqueles casamentos tristonhos tipícos da classe média portuguesa.
Existia um Dj, que funcionava como animador, tinha aquela voz de anunciador da Ovibeja misturada com locutor de rádio amador de Domingo ( achei fabuloso o pormenor de ele avisar as pessoas para não baterem com os talheres na loiça).
A comida foi normalissíma, os convidados fizeram aquilo que se esperava ( ou seja, aquilo que um português faz sempre que veste uma gravata, arma-se em chico esperto e tem mania que é fino).
Aquilo que verdadeiramente me abismou foi a animação do casamento, foi uma espécie de colisão entre dois mundos, a fusão entre duas dimensões e eu estava sentado mesmo na linha que as separava, ou seja, parecia que aquele casamento se tinha fundido com o Natal dos Hospitais.
Havia um ilusionista que era stand up, comediant amador (muito mau) e hipnotizador. Fez o seu número em duas partes: em primeiro lugar executou 300 truques mágicos em cinco minutos ( parecia o Speed 3, em que o protagonista é um empregado de café que não pode deixar de tirar cafés, numa média de 5 por minuto, senão pode explodir uma bomba na cabeça) ao som de uma música que seria algo do género : o que aconteceria se trancassem o David Lynch com um orgão dos anos 80 numa cave???
Depois veio uma dançarina do ventre ( não que eu me queixe) mas qual o interesse de ter uma gaja vestida a abanar-se numa pista de dança? Claro que alguns dos convidados (que pareciam ter vindo da Lourinhã) acharam fascinante...
E então ouvi algo...
"Perderam se no outro dia? ai não? é que a Miquelina (ou lá como se chama a gaja) é fabulosa a fazer croquis..."
E assim descobri o segredo da relação perfeita. Gajos como eu, o Moustache (e praticamente todos os homens que leêm este blog, que não são muitos) lembram se das mulheres pelas mamas, pelo rabo e pela performance sexual.
Imaginem a conversa de dois amigos de escola:
- No outro dia vi a Maria...
- Qual Maria?
- Aquela que tinha grandes notas, tirou geo fisica e trabalha na Nasa...
- Não estou a ver...
- Aquela que fazia croquis fabulosos...
- Não...
- Aquela que fazia uns grandas broches pá!!!
- AH!!! Essa Maria...
Por essas e por outras é que as nossas relações dão sempre em merda... É só cus e mamas e quando a novidade passa chateamo nos e lá vem as separações, os videos que aparecem na net, os irmãos mais velhos completamente loucos a ue nós tivémos de rebentar com a cabeça de um deles com um bastão porque o cabrão fazia me constantemente esperase eu tava farto de ir para a escola pela janela das traseiras.
Temos que passar a dar valor ás nossas mulheres, temos que ver quando elas cheiram bem, quando cortaram o cabelo, quando fizeram a depilação, quando fazem croquis excelentes etc e tal deixem de ser os sarrafeiros do sexo, temos que deixar só de pensar em sexo.
Entretanto veio o mágico, agora como hipnotizador e limpou me a memória recente e lá se foi a iluminação...
X
Ps: Mas que caralho faz um hipnotizador num casamento?!

Wednesday, October 11, 2006

Procura-se

Entidade revolucionária recruta:

-Categoria: Líder revolucionário assistente.

-Localização: Grande Lisboa
-Funções: Dar um ar romântico à Revolução.
Requisitos:
  • Beleza natural e aspecto descuidado
  • Curso Superior nas áreas da Medicina ou Direito
  • Idade entre os 25 e os 32
  • Forte capacidade de argumentação, bom sentido de humor e ateísmo praticante
  • Solidário com o seu semelhante até raiar os limites da cretinice
  • Ser asmático
  • Ficar bem de bóina
  • Comunista
  • Fiel ao Partido

Oferecemos:

  • Prestígio no seio do povo cubano
  • Duas refeições diárias compostas por feijão e arroz branco
  • Charutos à discrição
  • Rum à discrição
  • Possibilidade de integrar um ministério à escolha do candidato
  • Progressão de carreira garantida
  • Convívio com personalidades interessantes da história comtemporanea como Evo Morales, Hugo Chavez ou Kim Jong Ill.

Enviar curriculum vitae para:

FCastro@cubasiempre.com

X

Monday, October 09, 2006

Sunday, October 08, 2006

Thursday, October 05, 2006

Não há razão para alarme...

Noite aleatória em dia de liberdade

  • O Dux é um homosexual que precisa de um boi cheio de esteróides para enrabar ( o facto de ser activo não faz dele menos bicha)
  • Uma certa discoteca(começada por uma letra estrangeira que não é o K nem o Y, e nem pensem em tentar processar-me porque para além do W ainda existe o alfa) em Lx faz uma distinção de clientes. Eu teria ficado menos lixado se fosse o George Cloney a impedir me, mas agora uma bivha não depilada???
  • O segurança do HK tem um sentido de humor fabuloso. Ao que parece subiram o ordenado aos porteiros e eles agora conseguem ver os malucos do riso no sic comédia.
  • As festas da Lusíada são uma merda (as da associação é claro) daí o pessoal estar sempre bebado, porque sóbrio aquilo não se atura.
  • O Moustache é o maior( a seguir a mim).
  • A Rita Egídio tem um apelido ridiculo mas umas pernas dignas de se perderem meia dúzia de dedos por ela.

Mais nada a dizer, ja bebi demasiado...

X

Ps: Alguém devia dar uma tareia no RP da discoteca começada por uma letra estrangeira que não o K ou o Y.

Tuesday, October 03, 2006

What's Hot?

Uma das músicas que mais curti neste verão, Sander Kleinenberg - This is not Miami, aqui na versão This is London, no Southwest Festival em Londres no final de Agosto. Enjoy!!!

Politiquices

Sempre vi a política como um meio obscuro, onde não há nada definido, nem preto nem branco, apenas várias tonalidades de cinzento, onde as opiniões de hoje são as críticas de amanhã.
Um meio sem graça, onde todos se vestem da mesma forma (tirando os partidos de esquerda que para se identificarem com os camaradas trabalhadores se vestem como os reformados), todos acusam todos de demagogia, enfim um meio propício aos chamados "tachos" (mas chega de criticas, pois como qualquer bom optimista gosto sempre de encontrar o lado positivo das situações).
As boas notícias vêm agora do Brasil - esse país que nos traz novelas, funk favelado, jogadores da bola, e empregados de mesa - onde a campanha eleitoral pode ser definida como surreal com laivos de comicidade, com alguma carga dramática e com música á mistura. Por esta definição ninguém chega lá mas aqui fica o video do Emanoel dos Aposentados, um candidato do Estado da Baía, e fica também a letra da música da sua campanha. (com este tipo de política até eu me candidatava)



Não, não, não
Aposentado não está morto não
Com a força de seu filho e neto
Vai derrotar nas urnas
A corrupção
Quem maltrata aposentado
Não tem coração

Sunday, October 01, 2006

Teorias da Conspiração parte 2

Aproveitando a brecha aberta no mercado pelo Dan Brown português decidi escrever um livro sobre conspirações, aqui vão as ideias básicas:
  • Elvis não morreu, fugiu para uma ilha no Oceano Atlântico. Tendo em conta a forma como estava a engordar e a perder cabelo cheguei a conclusão (juntamente com documentos fornecidos pelo "garganta funda") que Elvis é o Alberto João Jardim, o rei (the king) da Madeira. Finalmente percebesse aquela necessidade dele dançar.
  • O Otelo Saraiva de Carvalho é o portador do Santo Graal
  • O Liedson é o Bin laden.
  • A Simara e o Mário Soares são representantes do priorado do Sião em Portugal, ele é o Pai e ela a Mãe.
  • O Fernando Santos pertence à Opus Dei e a sua função é destruír a religião com mais adeptos em Portugal.
  • Jim Morrison morreu em Portugal engasgado com um pastel de bacalhau.
  • No Estádio de Alvalade fazem se experiencias com armas químicas.
  • O Pinto da Costa é uma sereia.

X

Ps: Quando o livro sair (com o nome de "Casos resolvidos pelo fabuloso Mr X e o fantástico Garganta Funda") espero que todos compareçam na minha apresentação no Convento do Carmo (venham cedo porque só deixamos entrar 20 pessoas, incluíndo as personalidades da cultura a quem eu paguei regiamente e a quem o garganta funda proporcionou momentos ineesquèciveis)

Ps2: O Dan Brown vai escrever um texto na contracapa.

Oldies...

Este post de hoje vai ser o relembrar dos tempos em que eu tinha uma banda. Éramos jovens, parvos e queríamos comer gajas à conta da nossa "banda".
Na época tinhamos ido dar o nome para a vetusta instituição das forças armadas e nessa época estavam a ir tropas portuguesas para o Kosovo. Não nos passava pela cabeça irmos para o Kosovo, mas o medo de ir estava bem presente nos nossos subconscientes. Daí este verso:
O Estado Novo pôs um ovo chamado Alberto João Jardim
Se mandarem alguém para o Kosovo
Mandem o ele
E não a mim....
X
PS: Este post é dedicado ao Sick Floyd, ao Kurt Cocain e à quela que podia ter sido a maior banda do mundo (ou talvez não) os Métudus Satanikus.